Prezado Comandante



Quem escreve é uma mãe comum; não uma mãe superprotetora ou ansiosa. Apenas uma mãe preocupada com o bem estar do seu filho.É minha primeira vez como mãe de um filho que vai servir o exército, e tenho algumas dúvidas. Tenho ouvido falar horrores desta fase da vida de alguns rapazes. Não é este o caso.

A finalidade principal desta carta é facilitar as coisas para voces, pois ainda não conhecem o meu filho.

Vou começar falando da alimentação: No café da manhã ele prefere Sucrilhos com leite, ou mingau de farinha láctea com frutas. Eventualmente, Coca Cola com pizza de calabresa amanhecida. No almoço e jantar ele gosta de comer massas com bastante molho (sem carne). Nhoque ele prefere feito em casa, mas serve o congelado da C.A.C; Adora atum em conserva com bastante limão e geladinho. Bife ele gosta mal passado e totalmente sem gordura. Nem pensem em servir carne cozida, ele detesta e frango ele tem nojo. Estou mandando as receitas do nhoque e do pão caseiro. Qualquer dúvida, pode perguntar pra ele, pois ele é bom nisso também. Umas bolachinhas antes de dormir não seria nada mal.

Dizem que o exército é muito bom para ensinar disciplina e organização. Eu só espero que voces não sejam muito severos com ele, pois embora não pareça ele é muito sensível. Eu ouvi dizer que os oficiais superiores têm a mania de transmitir as ordens aos gritos. Com ele não precisa gritar. Ele ouve muido bem e não suporta grosserias ( apesar que as vezes ele fala um tanto autoritáriamente com seus irmãos menores). Quanto à organização, se voces não conseguirem bons resultados, não faz mal. Nós já estamos acostumados.

A respeito da cor da farda: verde Tartaruga Ninja ele não quer usar e também não gosta de calça justa. Ele costuma usar calça bem folgada e tênis. Ele usa tênis até em casamentos.

Se possível eu gostaria que ele ficasse longe das armas. Ele seria melhor aproveitado em atividades intelectuais. num computador ele faz misérias!

Quanto à personalidade, ele tem muito senso de humor (com o tempo voces vão perceber) Gosta de ler e fazer palavras cruzadas. Sobre horários, ele é mais ativo à tarde. Se puder vai ser melhor.

Se tudo correr direitinho com meu filho, eu prometo fazer propaganda e tentar desmistificar esta instituição, e voces verão como a procura para o alistamento vai aumentar.

Mamãe Comum









3 comentários:

Evelyn disse...

HAEUHAEUHAEUAEHUHEAUHAEUHEAUHAEUHAEUHEAUAEUHAUHAEUH
HEAUHAEUHEAUHAEUHEAUHAEUHEAUHEAUHEAUHAEUAEHUEAHUEHU
EAUHEAUHEAUHEAUHEAUHAEUHAEUHUHUHAUHEUAEUHAEUHAEUHAE
UHAEUHEAUAEHEHA, morro muito nessa história :'D

Andrea disse...

Esta é historia é maravilhosa, eu adoro ela. Acho que toda mãe deveria ter o direito de escrever uma carta ao comandante.

ValLindinha disse...

Hilário! Pena que escrevendo tão bem, e com tão bom humor escreva tão pouco :P

Postar um comentário

Sinta-se em casa

About